EUA, Washington, homem, de 36 a 45 anos, português, inglês, espanhol e francês

Leia mais

  





01/02/2010 a 15/02/2010
16/01/2010 a 31/01/2010
01/01/2010 a 15/01/2010
16/12/2009 a 31/12/2009
01/12/2009 a 15/12/2009
16/11/2009 a 30/11/2009
01/11/2009 a 15/11/2009
16/10/2009 a 31/10/2009
01/10/2009 a 15/10/2009
16/09/2009 a 30/09/2009
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2009 a 31/08/2009
01/08/2009 a 15/08/2009
16/07/2009 a 31/07/2009
01/07/2009 a 15/07/2009
16/06/2009 a 30/06/2009
01/06/2009 a 15/06/2009
16/05/2009 a 31/05/2009
01/05/2009 a 15/05/2009
16/04/2009 a 30/04/2009
01/04/2009 a 15/04/2009
16/03/2009 a 31/03/2009
01/03/2009 a 15/03/2009
16/02/2009 a 28/02/2009
01/02/2009 a 15/02/2009
16/01/2009 a 31/01/2009
01/01/2009 a 15/01/2009
16/12/2008 a 31/12/2008
01/12/2008 a 15/12/2008
16/11/2008 a 30/11/2008
01/11/2008 a 15/11/2008
16/10/2008 a 31/10/2008
01/10/2008 a 15/10/2008
16/09/2008 a 30/09/2008
01/09/2008 a 15/09/2008
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
16/04/2008 a 30/04/2008
01/04/2008 a 15/04/2008
16/03/2008 a 31/03/2008
01/03/2008 a 15/03/2008
16/02/2008 a 29/02/2008
01/02/2008 a 15/02/2008
16/01/2008 a 31/01/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/10/2007 a 31/10/2007
01/10/2007 a 15/10/2007
16/09/2007 a 30/09/2007
01/09/2007 a 15/09/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
01/07/2007 a 15/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005

VOTAÇÃO
Dê uma nota para meu blog




Vou ali e já volto

Há dois posts eu celebrava o comentário número 10 mil e os mais de 4 milhões de visitantes em cinco anos de existência de blog. Com outras colaborações e outros formatos, são dez anos de casa fora de casa aqui no UOL, iniciados em março de 2000, em Nova York. Pois eu terei de fazer uma pausa, de duração ainda indefinida, aqui e no programa. Um grande desafio profissional, na Folha de S.Paulo, me leva de volta ao Brasil nos próximos dias. Encerro hoje minhas atividades de correspondente em Washington e passo a preparar minha mudança. Agradeço aos internautas, amigos, colegas e toda turma do UOL, presente e passada.

Até já.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 00h16
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Obama mudou discurso por lobby da Disney, sugere ONG

Barack Obama foi eleito prometendo mais transparência nos negócios do governo. Um ano depois, uma das ONGs mais sérias na contabilidade das doações a políticos sugere que o presidente democrata mudou a data do "State of the Union" --o tradicional discurso anual em que o chefe do Executivo faz ao Legislativo um balanço do ano anterior e apresenta suas metas para o ano seguinte-- por ação de lobby.

No caso, lobby de um dos maiores contribuidores de campanha dos Estados Unidos, a Disney. O conglomerado gigante é dono da ABC, emissora que exibe a série "Lost", que tem a estreia de sua sexta e última temporada programa para essa terça-feira. Era o dia original do "State of the Union", que agora foi mudado para quarta. Segundo o Center for Responsive Politics, a Disney doou em média US$ 3 milhões por ano para influenciar o governo federal --em 2009, primeiro ano de Obama, o valor subiu para US$ 4 milhões.

Aliás, Obama foi o candidato que mais dinheiro recebeu da dona de Mickey Mouse na campanha de 2008 --US$ 430 mil; nenhum outro levou mais de US$ 100 mil naquele ano...

 



Escrito por Sérgio Dávila às 03h39
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Filho de Osama bin Laden foi esnobado por Rambo

A mais recente edição da Rolling Stone americana traz uma entrevista com Omar Bin laden (foto abaixo), 28, um dos onze a 24 filhos de Osama [grato aos que notaram o ato falho] bin Laden --ninguém sabe o número certo, aparentemente nem o terrorista saudita. Omar recebe o repórter num stripclub semiclandestino de Damasco, na Síria. Ele bebe Seven Up, e as mulheres no palco são russas. Ele passou a adolescência nas montanhas de Tora Bora, no Afeganistão, e era o herdeiro aparente do comando da Al Qaeda, segundo o próprio, até que em 2001, pouco antes do ataque de 11 de Setembro, rompeu com o pai e fugiu.

Ele é casado com uma britânica que tem o dobro de sua idade e já é avó, como revela em "Growing Up Bin Laden", biografia que lançou no ano passado. Diz que seu pai arruinou a economia da então União Soviética com a Guerra do Afeganistão e está fazendo o mesmo com os EUA agora. Diz que as coisas vão engrossar se seu pai for preso ou morto, com milhares de ataques detonando pelo mundo. É crítico do pai e simpático a Barack Obama. Diz que Osama preferiria que o republicano John McCain tivesse sido eleito. Diz que, se procurado, daria bons conselhos a Barack Obama sobre o Afeganistão --o principal: não mandar mais tropas, que é o que o seu pai deseja.

Sua maior decepção: ter sido esnobado por Sylvester Stallone, de quem era fã, num encontro fortuito em Roma. Uma vez Rambo...

Omar Bin Laden Photo



Escrito por Sérgio Dávila às 19h30
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

O blog chega a 10 mil comentários e passa dos 4 milhões de visitantes

Obrigado a todos --e especialmente a Petra, comentarista número 10.000, que postou o seguinte texto (com uma palavra editada por mim), sobre a saída de Salve Geral da corrida do Oscar:

Os cineastas só fazem filmes de m...! é o caso deste do lula.Brincadeira. e alguém quer assistir estes tipos de filmes medíocres, sem propósito,sem objetivo, sem cultura?? Já perdeu tarde!!
Petra | greco@uol.com.br |  21/01/2010 12:57



Escrito por Sérgio Dávila às 19h10
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Brasil fora do Oscar

Salve Geral, grande filme de Sérgio Rezende, não passou pela primeira peneira dos eleitores de filme estrangeiro do Oscar. A academia acaba de soltar a lista dos nove concorrentes às cinco vagas --o longa brasileiro que tinha como pano de fundo a revolta nos presídios paulistas de anos atrás comandada pelo PCC estava entre os 65 indicados pelos próprios países. Veja lista dos nove abaixo. Devo confessar que não assisti ainda a nenhum dos abaixo, e só conheço mais ou menos o do Haneke, que eu perdi em Toronto, pois a sessão para jornalistas estava lotada...

Agora, os votantes passam o próximo fim de semana assistindo aos nove que restaram, e os cinco finais serão anunciados junto das outras categporias, na madrugada do dia 2 de fevereiro.

Alemanha, “A Fita Branca,” Michael Haneke; 

Argentina, “El Secreto de Sus Ojos,” Juan Jose Campanella;

Austrália, “Sansão e Dalila,” Warwick Thornton;

Bulgária, “The World Is Big and Salvation Lurks around the Corner,” Stephan Komandarev;

Cazaquistão, “Kelin,” Ermek Tursunov;

França, “Un Prophète,” Jacques Audiard; 

Holanda, “Winter in Wartime,” Martin Koolhoven;

Israel, “Ajami,” Scandar Copti e Yaron Shani; 

Peru, “La Teta Asustada,” Claudia Llosa.



Escrito por Sérgio Dávila às 16h27
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Um ano após a posse, Obama troca a eloquência pelo silêncio

Veja minha análise no programa semanal do UOL Notícias.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 14h46
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Haiti - soldado brasileiro escapa de queda da catedral e filma pelo celular

Entrou no ar ontem, pela CBS.

 


Watch CBS News Videos Online



Escrito por Sérgio Dávila às 15h23
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Haiti - Polícia atira e abre a discussão: saqueadores ou famintos?

Mais um vídeo sobre o descontrole no Haiti: supostos saqueadores são filmados pela Associated Press, até a intervenção da polícia, que chega atirando. O que suscita a discussão, que já estava presente no Katrina e foi lembrada pelo New York Times: numa situação de desespero como a de Porto Príncipe, como diferenciar saqueadores bandidos dos que são apenas famintos?

 



Escrito por Sérgio Dávila às 21h27
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Haiti - mais vídeos para os de coração forte

O jornalista Eric Parker, da revista Vibe, que estava no Haiti na semana anterior fazendo uma reportagem, blogou um vídeo com algumas das cenas mais chocantes --e feitas no calor dos acontecimentos-- do logo após o terremoto. E hoje, o grupo de estudantes de cinema do haitiano Ciné Institute, da cidade de Jacmel, igualmente atingida mas não tão midiática como Porto Príncipe, blogou dois relatos do que viram desde o desastre.

ATENÇÃO: Os três vídeos são para os de coração e estômago fortes.

 

 

Force Marie Jacmel from Ciné Institute on Vimeo.

"Les Handicaps" by Vadim Janvier from Ciné Institute on Vimeo.



Escrito por Sérgio Dávila às 21h07
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Obama perde rebolado em Boston

Um grupo de "hecklers" (perturbadores) persistentes faz Barack Obama perder por uns segundos o controle da massa em Boston, Massachusetts, para onde ele foi ontem, fazer campanha pela candidata democrata à vaga de Ted Kennedy no Senado, que corre risco de ir para um republicano pela primeira vez em mais de quatro décadas e pode acabar com a supermaioria de 60 cadeiras do partido governista. Deve ser reflexo dos meses longe dos palanques. A eleição especial acontece amanhã.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 15h43
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Texto de Obama na Newsweek decepciona

Nada de ensaio ou pensata a respeito do Haiti --o texto de capa da nova Newsweek, "Por que o Haiti importa", assinado por Barack Obama, segue a linha de seus últimos pronunciamentos, mais para o oficial do que para o reflexivo. Ele ressalta as qualidades do povo norte-americano em tempos de desgraça mundial --o que não é mentira--, mas reflete pouco sobre o ocorrido, sobre o Haiti e sobre a relação entre os dois países, sempre convoluta. Enfim, uma oportunidade perdida.

A íntegra aqui, em inglês, e a imagem aqui.

 

 

 



Escrito por Sérgio Dávila às 16h22
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Yele, de Wyclef Jean, sob suspeita de fraude

Hit no Facebook, uma das ONGs mais celebradas e que mais doações vem recebendo desde o terremoto no Haiti, a Yele, do músico Wyclef Jean, está sob suspeita de fraude. Segundo análise das declarações de renda da entidade, que desde o terremoto já arrecadou mais de US$ 1,5 milhão, a porcentagem gasta com despesas administrativas é maior do que fundações semelhantes, e foram feitos pagamentos a empresas de Jean e de outro membro da ONG, como US$ 100 mil por um concerto dado pelo músico num evento beneficente de 2006. Quem revelou a coisa toda foi o insuspeito site Smoking Gun. "Parece claro que uma quantia signifcativa do dinheiro arrecadado por essa entidde vai para custeio mais do que para ajudar haitianos em apuros", disse Dean Zerbe, ex-conselheiro de impostos do Comitê de Finanças do Senado. Wyclef Jean nega qualquer irregularidade.

Atualização: Wyclef Jean se defende das acusações.



Escrito por Sérgio Dávila às 15h44
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Você é feliz? E seu país?

Ganha força a chamada "economia da felicidade" e os índices que classificam os países de acordo com a qualidade de vida de seus habitantes. Veja em meu primeiro programa no UOL Notícias de 2010.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 15h27
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Sai revista Time especial sobre Haiti

Entrou no ar a Time especial sobre o Haiti, com artigo de Bill Clinton, que lembra que passou uma "lua-de-mel tardia" lá, em 1975, com Hillary Clinton; na Esquire, ele se lembra de quando sob suas ordens os EUA invadiram o país para restaurar Aristide.



Escrito por Sérgio Dávila às 23h06
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Twitter dá localização de pessoas vivas sob escombros no Haiti

Aqui (alguns exemplos abaixo):

Christopher Frecynet still alive. They heard him screaming. 64 Rue Nord Alexis. Call cousin Daphney 509-39046983

63 people still alive Carribean Market. survivor sent txt so we can send help. PLEASE LET PPL KNOW

Heloise Boyer is trapped in her house #40 Rue O, Turgeau.

HELP IS NEEDED ! People still alive under College Canapé Vert are screaming for help to get them out …

Latitude: 18°31′25.74″N Longitude: 72°16′28.25″W #bresma #Haiti We need food and water to approx. 150 people there NOW



Escrito por Sérgio Dávila às 18h46
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]