EUA, Washington, homem, de 36 a 45 anos, português, inglês, espanhol e francês

Leia mais

  





01/02/2010 a 15/02/2010
16/01/2010 a 31/01/2010
01/01/2010 a 15/01/2010
16/12/2009 a 31/12/2009
01/12/2009 a 15/12/2009
16/11/2009 a 30/11/2009
01/11/2009 a 15/11/2009
16/10/2009 a 31/10/2009
01/10/2009 a 15/10/2009
16/09/2009 a 30/09/2009
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2009 a 31/08/2009
01/08/2009 a 15/08/2009
16/07/2009 a 31/07/2009
01/07/2009 a 15/07/2009
16/06/2009 a 30/06/2009
01/06/2009 a 15/06/2009
16/05/2009 a 31/05/2009
01/05/2009 a 15/05/2009
16/04/2009 a 30/04/2009
01/04/2009 a 15/04/2009
16/03/2009 a 31/03/2009
01/03/2009 a 15/03/2009
16/02/2009 a 28/02/2009
01/02/2009 a 15/02/2009
16/01/2009 a 31/01/2009
01/01/2009 a 15/01/2009
16/12/2008 a 31/12/2008
01/12/2008 a 15/12/2008
16/11/2008 a 30/11/2008
01/11/2008 a 15/11/2008
16/10/2008 a 31/10/2008
01/10/2008 a 15/10/2008
16/09/2008 a 30/09/2008
01/09/2008 a 15/09/2008
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
16/04/2008 a 30/04/2008
01/04/2008 a 15/04/2008
16/03/2008 a 31/03/2008
01/03/2008 a 15/03/2008
16/02/2008 a 29/02/2008
01/02/2008 a 15/02/2008
16/01/2008 a 31/01/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/10/2007 a 31/10/2007
01/10/2007 a 15/10/2007
16/09/2007 a 30/09/2007
01/09/2007 a 15/09/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
01/07/2007 a 15/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006
01/01/2006 a 15/01/2006
16/12/2005 a 31/12/2005
01/12/2005 a 15/12/2005
16/11/2005 a 30/11/2005
01/11/2005 a 15/11/2005
16/10/2005 a 31/10/2005
01/10/2005 a 15/10/2005

VOTAÇÃO
Dê uma nota para meu blog




Brasil atravessa a rua para escorregar na casa de banana do outro lado

O Brasil agiu certo ao condenar o golpe que derrubou Manuel Zelaya e dar guarida ao presidente deposto quando ele bateu na porta da embaixada do país. Mas erra ao deixar que ele transforme a instalação em seu escritório de campanha. Veja minha análise no programa semanal do UOL Notícias.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 16h06
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

G20 vai substituir G8 como órgão permamente

Vitória brasileira (e chinesa, e indiana): o G20, grupo das vinte economias mais ricas do mundo, substituirá o G8 como órgão permanente de discussões econômicas internacionais. O anúncio será feito nessa sexta-feira em Pittsburgh, na Pensilvânia, segundo a "breaking news" do Wall Street Journal que acaba de entrar no ar --leia aqui, em inglês. O diário econômico cita fontes ligadas ao governo norte-americano. Uma delas diz: "É um reflexo do mundod e hoje, é basicamente empurrar a cooperação internacional para o século 21".

O G8 continuará existindo e se reunirá para questões de segurança internacional, mas não terá mais um cronograma fixo de reuniões, segundo as fontes do WSJ. É o que os obamistas estão chamando de "reequilíbrio" do poder global. Mais gente à mesa, com mais voz, mas também mais responsabilidade.



Escrito por Sérgio Dávila às 00h19
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Zelaya diz que está sendo torturado por "mercenários israelenses"

Vai mal. Manuel Zelaya, o homem que o mundo luta para colocar de volta no poder em Honduras e atualmente é hóspede da Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, deu uma entrevista perturbadora para minha colega Frances Robles, do Miami Herald, em que diz que "mercenários israelenses" o estão torturando com "radiação de alta frequência" e que sua garganta está inflamada por conta de "gases tóxicos" que estaria respirando.

Mercenários israelenses? Radiação de alta frequência? Gases tóxicos? Leia a entrevista aqui, em inglês.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 15h04
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

"Não sou Bush" é mensagem de Obama ao mundo

Veja minha análise no UOL Notícias.



Escrito por Sérgio Dávila às 10h36
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Brasil deve respostas sobre Honduras

Veja minha análise no UOL Notícias.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 01h40
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

"New York Post" (falso): "Estamos ferrados!"

É a manchete de hoje do tabloide nova-iorquino mais popular: "We Are Screwed!", que eu traduzo livremente como "Nós estamos ferrados!". Complementa o texto: "O que não estão lhe contando: relatório municipal oficial prevê catástrofes climáticas imensas e desastres de saúde pública".

Bem no estilo do jornal de Rupert Murdoch, mas trata-se de mais um trote do grupo ativista ultraprogressista The Yes Men, sobre o qual você leu aqui no blog. Foram eles que distribuíram milhares de cópias falsas do "New York Times" que declaravam que a guerra acabou, lembra? Se o primeiro era mais político, o segundo foca mais no aquecimento global, aproveitando a reunião que a ONU realiza amanhã na cidade com líderes de 100 países, Obama incluido, sobre o tema.

Divertido. Leia a íntegra do jornal aqui, em inglês.

We're Screwed

 

 

 



Escrito por Sérgio Dávila às 17h26
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Bob Woodward dá seu primeiro furo da Era Obama

A manchete de hoje do Washignton Post, reproduzida depois pelos jornais americanos e serviços online brasileiros, é o primeiro furo de Bob Woodward na Era Obama. O jornalista, que ganhou fama como co-autor da série de reportagens sobre o caso Watergate, que ajudaram a levar à renúncia de Richard Nixon, tinha muitas fontes na Casa Branca de George W. Bush, mas andava apagado desde a chegada do democrata ao poder.

Não mais: Woodward foi o primeiro a conseguir acesso ao documento que todos queriam ler, o relatório de 66 páginas do general Stanley McChrystal a Obama, em que faz um balanço da situação no Afeganistão e propõe nova estratégia para aquele conflito.

Front Page Image

 



Escrito por Sérgio Dávila às 12h38
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

De "Brazil" para "Parnassus" -- a entrevista com Terry Gilliam

Falei com o diretor do último filme de Heath Ledger, o Curinga do mais recente Batman. Leia a íntegra aqui, em português e aberta a todo o mundo.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 12h20
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]

Michael Moore chama capitalismo de "uma besta"

Veja em meu programa semanal no UOL Notícias.

 



Escrito por Sérgio Dávila às 01h56
[comente] [Regras para comentários] [envie esta mensagem]